pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Opinião

Falência de algumas companhias aéreas se o petróleo chegar aos 150 dólares

Iata_1

«IATA alerta para possíveis falências se o barril de petróleo chegar aos 150 dólares. Tony Tyler, diretor-geral e presidente-executivo da IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo), antecipa possíveis falências de algumas companhias aéreas caso o preço do petróleo atinja os 150 dólares por barril.
“Não podemos afastar a possibilidade de algumas falências, todas as regiões perderão neste caso”, alerta Tony Tyler, citado pela Associated Press (AP). “A maioria dos prejuízos será na Europa, mas em todo o lado haverá efeitos significativos”, acrescenta.
Já nesta terça-feira a IATA reviu em baixa as previsões de lucros para o setor este ano, para 3.000 milhões de dólares (2,2 mil milhões de euros), sendo que as companhias asiáticas serão responsáveis por 2.300 milhões de dólares (cerca de 1,744 mil milhões de euros), mais 150 milhões de euros que o estimado em dezembro. Já as companhias aéreas europeias deverão sofrer prejuízos de 600 milhões de dólares (455 milhões de euros) devido à recessão. Quanto às operadoras norte-americanas deverão ter lucros de 900 milhões de dólares (682 milhões de euros). Por fim, as companhias aéreas da América Latina deverão registar lucros de 100 milhões de dólares (758 milhões de euros).
“A intensa competição em alguns dos maiores mercados e o abrandamento das economias em alguns casos implicará que para as operadoras aéreas latino-americanas será mais difícil recuperar do aumento do custo do combustível”, revela a IATA»

artigo publicado na revista “Cargo News”
(20 Março 2012)

Artigos relacionados

Mais em Opinião (25º de 25 artigos)

«Os lucros operacionais das companhias aéreas poderão superar os 54 mil milhões de euros este ano, beneficiando da baixa do petróleo. As “low cost” transportaram 950 milhões de pessoas, ...