pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Opinião

O fenómeno low cost em Portugal de 1995 a 2011

INAC, I.P. publica Estudo sobre “Impacto das Transportadoras Aéreas de Baixo Custo no Transporte Aéreo Nacional [1995-2011]”
O estudo que agora se apresenta tem como objetivo analisar o impacto da entrada das transportadoras de baixo custo no transporte aéreo nacional.
O modelo de negócio desenvolvido pelas companhias de baixo custo é originário dos Estados Unidos da América e surge na Europa no contexto de desregulamentação decorrente da entrada em vigor do terceiro pacote de liberalização do transporte aéreo.
A entrada das companhias LCC no transporte aéreo em Portugal verificou-se em 1995, com o início das operações da Air Berlim e da Ryanair. Em 1997 surge a Virgin Express e, até 2001, estas eram as únicas transportadoras a oferecer tarifas de baixo custo em algumas rotas não regulares com destino à Alemanha, Irlanda e Bélgica.
Em 2011 eram 20 as companhias LCC a operar em Portugal, considerando as falências e as fusões ocorridas desde 2007 e, conjuntamente, respondiam por 23% do total de movimentos comerciais e por 37% do total de passageiros transportados.

Artigos relacionados

Mais em Opinião (25º de 25 artigos)

«Os lucros operacionais das companhias aéreas poderão superar os 54 mil milhões de euros este ano, beneficiando da baixa do petróleo. As “low cost” transportaram 950 milhões de pessoas, ...