pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Recortes

Aeroporto de Beja ainda não está operacional quatro anos depois do arranque

«…Bastante atrasado está o aeroporto de Beja (apelidado de “aeroporto low cost”, pelo ex-ministro das Obras Públicas Mário Lino, por envolver “apenas” um investimento de 33 milhões de euros) em cuja pista ainda não aterram aviões, contrariamente ao prometido pelo Governo. A primeira data para o início de operações foi … 2008; depois, Setembro de 2009; e, a seguir, o primeiro trimestre de 2010, depois de concluídas as infraestruturas. No entanto, só em Agosto é que o Instituto Nacional de Aviação Civil (INAC) aprovou a utilização da pista para “operações de voos domésticos sem passageiros, para efeitos de estacionamento, manutenção ou outras actividades, com utilização exclusiva de infraestruturas militares” e em condições “a divulgar”.
A demora tem sido acompanhada pelo “engordar” da Empresa de Desenvolvimento do Aeroporto de Beja (EDAB), cujo futuro ainda é incerto, uma vez que a concessão do aeroporto foi atribuída à ANA. Mas os encargos com pessoal superaram os 980 mil euros nos últimos quatro anos, tendo crescido de 202 mil euros, em 2008, para 271 mil, em 2009 (+ 34%).
A EDAB foi criada em 2000 e tem accionista maioritária a Direcção-Geral do Tesouro (82,5%), estando o restante capital distribuído por autarquias e empresários e outros organismos públicos.
O presidente do conselho de administração, José Ernesto Queiroz, abdicou dos 5 mil euros mensais a que teria direito, incluindo salário e despesas de representação, para auferir a remuneração “correspondente ao local de origem – TAP -, o qual é abonado por esta empresa”. Já um vogal executivo da EDAB obteve em 2009 remunerações de 75 mil euros, incluindo salários, despesas de representação, descontos para a Segurança Social, viatura e pagamento de telemóvel.»

Luís Maneta, texto publicado no jornal “Dn Economia
(1 Novembro 2010)

Artigos relacionados

Mais em Recortes (29º de 29 artigos)

A Hi Fly – Transportes Aéreos, que oferece voos de carga e para passageiros, e usa o aeroporto de Beja para estacionamento e manutenção das aeronaves, mudou a denominação social para Springjet,S.A., ...