pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Tráfego Aéreo, Europa

Céu Único Europeu – A Indra chega ao espaço aéreo alemão

«O centro de controlo de Karlsruhe, que gere o espaço aéreo superior da Alemanha, já está a gerir os voos em rota que sobrevoam o país com o sistema de nova geração iCAS, desenvolvido pela Indra em colaboração com o Prestador de Serviços de Navegação Aérea (ANSP) DFS Systemhaus.
A entrada em serviço deste sistema é o primeiro passo que a DFS dá para que todos os seus centros de controlo passem a utilizar a mesma tecnologia. Este mesmo sistema também será implementado pelo prestador de serviços de navegação holandês LVNL no centro de controlo de Amesterdão.
O sistema iCAS incorpora a mesma tecnologia que será utilizada pelos prestadores de serviços de navegação aérea que formam parte da aliança iTEC. Tudo isto permitirá um controlo mais fluido do tráfego, elevando a eficiência na gestão, e permite avançar na construção do Céu Único Europeu.
A DFS investiu mais de dez anos no desenvolvimento deste sistema em colaboração com a Indra. Colocá-lo em operação exigiu levar a cabo um elevado numero de testes, cursos de formação e verificações de funcionamento nos últimos meses
Finalmente, no dia 11 de Novembro, às 23:36 da hora local, o sistema assumiu o controlo do seu primeiro voo: um avião da FedEx que fazia o trajeto de Paris para Tóquio e atravessava o espaço aéreo alemão.
A introdução do sistema de tráfego aéreo iCAS no Centro de Controlo do Espaço Aéreo Superior (UAC) de Karlsruhe representa uma grande evolução tecnológica. O sistema oferece ao controlador a mesma funcionalidade e o mesmo aspecto que tinha o sistema de tráfego aéreo P1/VAFORIT que a Indra colocou em operação em 2010. Não obstante o iCAS reage de forma mais rápida, é mais potente e proporciona ao controlador uma imagem com mais qualidade do tráfego. Ao mesmo tempo, irá proporcionar à DFS a capacidade de incorporar rapidamente melhorias e novas funções para gerir o espaço aéreo de forma mais eficiente, reforçando a sua capacidade para absorver um aumento do número de voos.
«Após a introdução do sistema iCAS no centro de controlo de Karlsruhe UAC podemos afirmar que o futuro para a DFS e os seus parceiros europeus do projeto iTEC já está aqui» declarou o Director Geral de Operações da DFS, Robert Schickling. «A introdução deste sistema proporciona grandes vantagens: uma plataforma potente sobre a qual construir o futuro, que é um requisito indispensável para a implementação das funcionalidades SESAR e para dispor de um sistema unificado em todos os nossos centros de controlo, para além da vantagem económica que permite partilhar os custos de desenvolvimento de um sistema deste tipo com os prestadores de serviços de navegação aérea de outros países».
Actualmente, a DFS em cooperação com a holandesa LVNL trabalha juntamente com a Indra para adaptar o sistema iCAS às necessidades dos centros de controlo alemães de Munique e Bremen e o de Amesterdão na Holanda. «O Nosso objectivo é dispor de um sistema unificado em todos os centros em 2023/2024», referiu Schickling.
Rafael Gallego, Director Geral de Programas Europeus de ATM (Air Traffic Management) da Indra salientou «a enorme importância da entrada em operação deste sistema em Karlsruhe, um dos centros de controlo mais importantes da Europa, dentro dos prazos estabelecidos para o projecto. Este marco significa a consolidação do iTEC como a principal rede de centros de controlo da Europa para o arranque das funcionalidades do Céu Único Europeu».
Um membro da família iTEC
O iCAS é um sistema que faz parte do iTEC (Interoperabilidade através da Colaboração Europeia), projecto constituído pela principal Aliança da Europa para o desenvolvimento e implementação conjunto da nova geração de sistemas de tráfego aéreo, em colaboração com o fornecedor tecnológico Indra.
O objectivo da aliança iTEC é configurar os sistemas de controlo de tráfego aéreo com módulos e standards comuns, para que sejam compatíveis com vários países. A DFS colabora neste sentido mais estreitamente com os fornecedores de serviços de navegação aérea da Holanda (LVNL), Polónia (PANSA) e da Lituânia (Oro Navigacija). Completam a aliança iTEC o Reino Unido (NATS), a Noruega (AVINOR), e a espanhola ENAIRE.
A Indra é líder global no mercado de ATM com projectos em mais de 175 países. A sua tecnologia de vanguarda gere os espaços aéreos mais complexos e com mais tráfego da Europa e contribui para tornar realidade a construção do Céu Único Europeu. Mais de 200 centros de controlo de todo o mundo operam com sistemas da empresa, que implementou mais de 400 radares que reforçam a segurança e 1.700 sistemas de ajuda à navegação que dão suporte às aterragens em aeroportos e guiam as aeronaves em rota.»

artigo publicado na página de internet “Revista Cargo”
(14 Dezembro 2017)

 

Mais em Europa, Tráfego Aéreo (149º de 460 artigos)

«A Indra foi escolhida para implementar os sistemas de nova geração que irão gerir o tráfego aéreo da Alemanha e da Holanda, ...