pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Aviação Comercial, Ásia e Oceânia, Aeroportos

Dubai – Tim Clark presidente da Emirates faz o balanço de 2013

A frota da Emirates voou 751 milhões de quilómetros em 2013, o que equivale a 18.753 viagens de circum-navegação, indicou a companhia, que avança ter realizado 164.635 voos em que viajaram 43 milhões de passageiros.
“2013 foi mais um ano impressionante para a companhia. Continuamos a subir a fasquia da indústria com investimento, inovação e expansão dos nos serviços globalmente, oferecendo valor sem rival aos milhões que viajam connosco”, comentou o presidente da Emirates, Tim Clark, citado num comunicado em que a companhia avança alguns dados da sua operação no ano passado.
A Emirates, que em 2013 reforçou a frota com 24 aviões Airbus A380 e Boeings 777 e 777F (cargueiro), abriu nove novas rotas, oito das quais à partida do Dubai, para Varsóvia, Argel, Tóquio Haneda, Estocolmo, Clark, Conacri, Sialkot e Cabul, além de cinco de carga.
Em 2013, de acordo com a informação da companhia, a Emirates serviu a bordo perto e 46 milhões de refeições, tendo estabelecido um novo recorde em 20 de Dezembro, com 157.308.
O ano de 2013 começou com a inauguração no Dubai do primeiro terminal dedicado ao Airbus A380, o Concourse A, com 800 metros de comprimento e onde podem ‘encostar’ simultaneamente 20 super-jumbos.
Outros eventos de 2013 destacados pela companhia são a aprovação da sua joint-venture com a australiana Qantas, em Abril e a introdução da mais longa rota em A380, Dubai – Los Angeles, com uma duração de 16 horas e 20 minutos.
A companhia destaca ainda ter atingido em Outubro os dois milhões de fãs na sua página do Facebook, acrescentando que, porém, a ‘notícia mais bombástica’ de 2013 terá sido a encomenda, no Dubai Airshow, de 200 aviões widebody, 150 Boeing 777 e 50 Airbus A380, que, com a preços de catálogo atinge 99 mil milhões de dólares, cotando-se como a maior sempre da aviação comercial.
O balanço não o refere, mas ainda em Dezembro a Airbus anunciou que a Emirates assinou um contrato para adquirir “mais 50 aviões A380”.
A companhia, que é a operadora com mais A380 em serviço, de facto não se poupa em elogios ao super-jumbo, como o faz Tim Clark no comunicado divulgado no último dia de 2013.
“Fomos ousados ao encomendarmos este duplo-deck quando o fizemos, e nos números em que o fizemos, mas, provou-se que foi um jogo que valeu a pena. Os nossos clientes amam-no e é um dos mais eficientes aviões a operar actualmente em termos de consumo de combustível por passageiro”, afirmou

adaptação do texto publicado na página de internet “Presstur”
(1 Janeiro 2014)

Dubai Terminal para A380

 

Terminal Concourse A para A380

Mais em Aeroportos, Ásia e Oceânia, Aviação Comercial, Ground Handling (74º de 705 artigos)

A Emirates, a maior companhia aérea internacional do mundo, completou em 2016 mais um ano de crescimento, fruto da expansão da frota e do investimento nos produtos para os passageiros. ...