pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Aviação Comercial, Ásia e Oceânia

A Emirates, reduz a idade da frota retirando 26 aviões por 36 novas aeronaves em 2016

frota da Emirates é de 244 aeronaves

A nova estratégia da gestão da frota irá melhorar o desempenho ambiental e o conforto dos passageiros com o aumento na confiança dos grandes e modernos aviões. A Emirates anunciou a programação da frota para 2016. A companhia vai retirar 26 aviões, 12 A330-300s, 1 A340-500, 6 Boeing 777-200ERs, 2 Boeing 777-300s, 4 A340-300 e 1 Boeing 777 -300ER.
A idade média dos aviões da Emirates será de 15,7 anos, muito abaixo da média da indústria – 25 anos. Além disso, mais 13 aviões serão retirados em 2017 e 13 em 2018.
Equilibrando o programa da frota, a Emirates irá receber 36 novos aviões em 2016, 20 A380s e 16 Boeing 777-300ERs.
Estes dois tipos de avião são reconhecidos como os aviões comerciais mais eficientes e silencioso, emitindo em média menos 12% de dióxido de carbono.
No final de 2016, a idade média da frota da Emirates será de 5,6 anos – muito mais baixa do que a média global –, devido à substituição dos antigos aviões pelos novos. Uma análise recente revela que a idade média das frotas das cinco principais companhias aéreas da América do Norte é de 13,6 anos, enquanto na Europa é de 10,7 anos.
Sir Tim Clark, presidente da Emirates, refere, “Sendo a Emirates a maior companhia aérea internacional do mundo, tem uma pegada ambiental a nível global e nós temos de assumir a responsabilidade pelos nossos passageiros e comunidades que servimos e pelo planeta. Estamos totalmente empenhados em voar com uma frota que seja melhor para o ambiente, oferecendo aos nossos passageiros um nível de conforto e segurança superior. Com a substituição dos aviões mais antigos e a introdução dos novos e mais eficientes quanto aos níveis de combustível, a Emirates continuará a liderar a indústria na redução da idade das frotas, enquanto define novos níveis de serviço que os nossos clientes têm como expectativas.”
Atualmente, o número total de aviões da frota da Emirates é de 244. Em 2015, a companhia aérea recebeu 26 novos aviões, incluindo 15 A380s, 10 Boeing 777-300ERs e 1 Boeing 777 Freighter. A Emirates tem 262 aviões adicionais encomendados no valor de mais de 120 biliões de dólares a preço de tabela. As suas encomendas incluem 71 Airbus A380s, 42 Boeing 777-300ERs, 115 Boeing 777-9Xs e 35 Boeing 777-8Xs.
O novo Boeing 777Xs, entregue no início de 2020, vem com um design que integra um conjunto de novas características com níveis de combustíveis mais baixos, tornando-se quase 20% mais eficiente do que os modelos anteriores. Também incluirá um conjunto de características focadas nos passageiros, incluindo janelas maiores, aumento da pressão na cabine, mais humidade, tetos mais elevados e uma cabine mais larga do que os modelos anteriores.
Para além de reduzir a idade das suas frotas, a Emirates implementa também muitas outras práticas ambientais que reduzem as emissões de CO2. Estas incluem o FlexTracks, um programa que planeia as rotas de voo mais eficientes, com base nas condições meteorológicas; movimentos dos aviões no chão; assistência em terra e de equipamentos de transporte eficientes quanto ao combustível a utilizar.
Sobre a Emirates:
A Emirates foi fundada enquanto companhia aérea em 1985. Voa atualmente para 149 destinos em 80 países em seis continentes, oferecendo serviços aéreos que permitem comércio e viagens para o Dubai e mais além. A Emirates liga ainda milhões de pessoas em terra todos os anos, através de outras das suas operações que incluem o Emirates Holidays, a sua subdivisão dedicada a marketing de viagens, bem como o seu operador de turismo Arabian Adventures. A Emirates SkyCargo, a divisão de carga, apoia ligações comerciais contínuas. Empregando funcionários multinacionais e multiculturais, com mais de 160 nacionalidades, a Emirates está empenhada em ligar pessoas em todo o mundo, ajudando-as a descobrir, usufruir e partilhar de novas experiências. Este compromisso reflete-se no seu vasto portefólio de patrocínios culturais e de desportos internacionais.

Artigos relacionados

Mais em Ásia e Oceânia, Aviação Comercial (174º de 538 artigos)

A Emirates, a maior companhia aérea internacional do mundo, completou em 2016 mais um ano de crescimento, fruto da expansão da frota e do investimento nos produtos para os passageiros. ...