pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa

Hapag-Lloyd, transporte marítimo, imita o conceito de bagagem prioritária do transporte aéreo

«A transportadora marítima Hapag-Lloyd revelou que pretende oferecer aos seus clientes a oportunidade de verem o seu contentor carregado em último lugar e descarregado em primeiro lugar.

Haverá um custo adicional no caso desse tempo de trânsito mais rápido, mas, ainda assim, a celeridade do serviço (baseado no conceito de ‘bagagem prioritária’ muito comum na aviação) será um elemento atractivo para quem pretende movimentar produtos, especialmente os perecíveis.
Conceito imita prática da aviação e será benéfico nos perecíveis
«É correcto afirmar-se que estamos afincadamente a considerar serviços que adicionem valor aos nossos clientes e que permitam uma maior diferenciação no momento de fixar os preços», desvendou, ao site ‘Splash247’ uma fonte próxima da operadora alemã. O conceito imita um processo típico do sector aeroportuário, no qual existe a possibilidade do cliente pagar um valor extra pela prioridade dada ao processamento da sua bagagem.
Bagagem prioritária aplicada aos contentores reduzirá tempos de trânsito
«Com um contentor que é carregado em último lugar e descarregado de modo prioritário, o cliente vê o seu tempo de trânsito reduzido em dias, o que pode ser benéfico para certos clientes, que, por exemplo, pretende transportar produtos frescos, como o peixe ou as frutas», acrescentou a fonte da transportadora marítima de Hamburgo, que teceu rasgados elogios à adaptação do conceito aeroportuário à realidade do transporta marítimo de contentores.»

artigo publicado na página de internet “Cargo Edições
(19 Abril 2018)

Artigos relacionados

Mais em Europa, Ground Handling (39º de 840 artigos)

Regra geral cada companhia aérea define os limites máximos de peso e dimensão da bagagem na cabine que cada passageiro poderá transportar em função do tipo de aeronave, classe e destino. ...